segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Alarme atrasado

Não devia ter te ligado depois daquele dia quando tudo ficou mais gostoso. 
Não devia ter te mandado meus pensamentos, te contado meus desejos e segredos, me mostrado pra você. Devia ter me contido, e talvez até morrido de dor. 
Mas dei minha cara a tapa e fui eu, não quem os manuais dizem que eu deveria ser. Sem jogar nem fazer tipinho. 
Me arrisquei e depois me estrepei sem você aqui. 
Por um momento me arrependo, por outro, agi como queria agir. 
E que se dane a sociedade e sua forma medíocre de pensar. 
Meu tempo é a minha vez.




Todos os direitos reservados.

3 comentários:

  1. bacana demais, Gabi! >D
    um beijo pra ti,

    ResponderExcluir
  2. Cada um no seu tempo certo! O importante é ser FELIZ sempre! :D

    ResponderExcluir